O ciclone tropical Idai, caracterizado por intensas chuvas, inundações e ventos fortes que atingiu a região centro do país, províncias de Sofala, Tete, Manica e Zambézia e parte da zona norte, província de Niassa, teve repercussões de dimensão maior nas escolas beneficiárias de iniciativas do CESC na área de educação.

Dados colhidos localmente indicam que 30 escolas ficaram com as infra-estruturas danificadas nos distritos de Morrumbala, Alto Molocué e Maganja da Costa, província da Zambézia, Meconta e Rapale em Nampula, Moatize em Tete e Niassa abrangendo os distritos de Lago, Mandimba e Cuamba. As vias de acesso, um outro problema, afectou 26 escolas nos distritos de Maganja da Costa, Morrumba e Mopeia que encontram-se intransitáveis.

Newsletter

Parceiros financiadores:

usaiddiakoniaagirsueciapaisesbaixosdanidaswiss

governopaaneueukaidirishaidcounterpart