Tem lugar hoje (19/11/2019) a Conferência sobre Responsabilização Social organizada pelo Centro de Aprendizagem e Capacitação da Sociedade Civil (CESC) em parceria com Centro para Democracia e Desenvolvimento (CDD) e United Purpose.

A mesma visa, essencialmente, reflectir sobre o processo de responsabilização social do governo pelos cidadãos (exigir melhores serviços, questionar e exigir respostas) tendo em conta as mudanças políticas, económicas e sociais que estão a ocorrer em Moçambique.
Falando na abertura do encontro, a Directora Executiva do CESC, Paula Monjane, disse haver necessidade de questionar e reflectir se as acções da sociedade civil e dos cidadãos influenciam mudanças nas políticas públicas e na qualidade dos serviços prestados.
“A responsabilização social surge num momento em que se questiona a democracia representativa, através de eleições como sendo insuficiente para garantir os interesses, necessidades e prioridades do cidadão sejam claramente representados nos processos democráticos”.
Por seu turno, Adriano Nuvunga, director do CDD, disse ser este um momento apropriado para este tipo de reflexão tendo em conta que Moçambique acaba de sair de um processo eleitoral contestado pelos partidos da oposição por diversas irregularidades, viciação de resultados e instrumentalização da violência.
O evento decorre sob o lema “o caminho para uma mudança transformadora e democrática em Moçambique” e conta com a participação de académicos, membros de organizações da Sociedade Civil, parceiros de cooperação, estudantes entre outros.

Newsletter

Parceiros financiadores:

usaiddiakoniaagirsueciapaisesbaixosdanidaswiss

governopaaneueukaidirishaidcounterpart