O Centro de Aprendizagem e Capacitação da Sociedade Civil (CESC), representado pela Denise Namburete, membro da organização, trouxe a reflexão, durante a participação na Conferência de Educação da Rapariga, as boas práticas para a retenção da rapariga na escola, um dos grandes contributos da organização para responder a problemática das desistências massivas de raparigas na escola, que constitui uma dos prioridades do Governo representado pelo Ministério de Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH).


Dentre elas destacam-se:
As boas Práticas no fortalecimento dos CE, onde o CESC tem feito Diagnóstico do funcionamento do CE, com base no uso de um “termómetro” que permite a identificação das lacunas no seu funcionamento; Promoção de sessões de reflexão sobre as barreiras que limitam o acesso e retenção da criança na escola, com destaque para a rapariga, que resultam na elaboração de planos de acção para as comissões do CE com actividades realizadas ao nível da sua comunidade e Introdução de ferramentas (ex. Olavula, CPC) que apoiam os CEs na identificação de casos de violação de direitos dos alunos, desistências, entre outras questões.
Boas Práticas na protecção dos direitos das raparigas centrada na Sensibilização dos professores para prestarem atenção às meninas que não participam activamente nas aulas e competições de leitura; Acções tomadas pelo CE com base em evidências sobre violação de direitos / raparigas em risco de abandonar a escola (via Olavula, caixa de reclamação, CPC, informação local...), e uso de “ficha de registo e seguimento.
Boas Práticas na sensibilização sobre os direitos das raparigas, onde se prioriza a sensibilização dos professores sobre a atenção especial que deve ser dada à rapariga que atrasa devido aos trabalhos domésticos e sensibilização dos pais para que as suas filhas não realizem tarefas domésticas durante o horário escolar; “Mães conselheiras” (do CE) para apoiarem as raparigas, e promoverem discussões sobre as barreiras à educação e direitos das raparigas.

Newsletter

Parceiros financiadores:

usaiddiakoniaagirsueciapaisesbaixosdanidaswiss

governopaaneueukaidirishaidcounterpart